CINEMA

Em 1915, Carlos Gracher instalou o Cine Esperança, anexo ao Hotel Schaefer, próximo à Prefeitura Municipal. A luz elétrica tinha acabado de chegar a cidade e os filmes mudos marcaram época.


As sessões não tinham hora certa para começar e o cinema tinha cadeiras de palha. Duas delas eram reservadas para o delegado de policia e um acompanhante. As sessões, que eram anunciadas por um menino que tocava uma sineta pelo corredor e pela rua, só começavam mesmo com a chegada do delegado e dos freqüentadores mais habituais.

 

O Cine Esperança mudou várias vezes até chegar atual Cine Gracher. O que nunca mudou foi sua importância na vida cultural e social de Brusque. Da era de ouro de Hollywood ao advento das salas menores, com o melhor da tecnologia, a magia do cinema continuou viva.

 

Hoje, quase cem anos depois de suas primeiras sessões, o Cine Gracher tem três salas de exibição, duas delas equipadas para filmes 3D. Todas as salas têm poltronas anatômicas, em formato Smart Stadium, numeradas.

 

 
A tradição em inovar, característica de todas as empresas do Grupo Gracher, fica evidente nos equipamentos atuais das salas do Cine Gracher:
Som totalmente Digital
SDDS
DTS
SRV
Dolby Digital
Processador de Alta Definição de efeitos
Objetivas de Última Geração
Sistema de Projeção em pratos Strong
Poltronas anatômicas - Formato Smart Stadium

 

Eu sou:    Homem   Mulher
© 2012 GRUPO GRACHER. Todos os direitos reservados.